terça-feira, 15 de março de 2011

POVOS ANTIGOS: O Egito

COLÉGIO ELEODORO ÉBANO PEREIRA

Profª Áurea Barboza Bueno   Disciplina: História
O EGITO ANTIGO

è A civilização egípcia desenvolveu-se ao longo do vale fértil do rio Nilo, no norte da África. Vale conhecido como Crescente Fértil porque seu contorno se assemelhava à forma da Lua na fase de quarto crescente. O crescente Fértil está localizado entre a Europa, Ásia e África.

EVOLUÇÃO POLÍTICA

è No período pré-dinástico inexistia o Estado. As tribos agrupavam-se em “nomos” - cidades autônomas. Os nomos passaram a formar dois reinos. Aproximadamente 3.200 a.C. os dois reinos foram unificados pelo faraó Menés. É o inicio do Império Egípcio.
è Antigo Império. Na primeira fase o Antigo Império desenvolveu a agricultura de regados e foram construídas as grandes pirâmides como Queóps, Quefrém e Miquerinos. Tinis e Mênfis foram suas capitais.

è Médio Império. Depois de uma intensa crise sócio – política surge a 2ª fase chamada de Médio Império. Durante esta fase houve o desenvolvimento do comércio com os povos vizinhos, a invasão dos hicsos e a entrada dos hebreus.

è Novo Império. Após a expulsão dos hicsos, a história egípcia inicia o seu apogeu. É o Novo Império. Suas características foram:
-                     militarismo
-                     Expansionismo e
-                     Adoção da força de trabalho escrava.  
è No Novo Império destacam-se: os faraós conquistadores Tutmés III e Ramsés II. O faraó filósofo Amenófis IV (Iknáton) que implantou o culto monoteísta ao Áton (sol). 
è No Renascimento Saíta os assírios conquistaram o Egito que logo reagiu, expulsando - os. Neste período destacaram-se os faraós Psamético e Necao. Os egípcios foram conquistados, finalmente, pelos persas na Batalha de Pelusa (525 a . C.).

A CULTURA EGÍPCIA


 è Os egípcios eram politeístas antropozoomórficos, isto é, seus deuses tinham formas de homens e animais.  AMON-RÁ era o deus supremo. Osíris, Isis e Hórus compunham a família sagrada. Porém, o culto mais popular era ao Boi Ápis.
è Os egípcios acreditavam que a alma é dupla, imortal, sofreria um julgamento após a morte e se reencarnaria sempre no mesmo corpo, por isso que mumificavam seus mortos.
è As formas de escrita foram:
1. Hieróglifos (um código secreto dos sacerdotes),
2. Hierática -  escrita em papiro e era uma forma de hieróglifos abreviados;
3. Demótica (forma mais popular da escrita, originada da simplificação da forma hierática).
è Hieróglifo significa, em grego, caracteres sagrados. Era formado por pequenos desenhos gravados ou pintados nas paredes dos túmulos ou templos.
è As obras literárias mais importantes são: O Livro dos Mortos, O Hino ao Sol, A Canção do Harpista e Relato do Camponês Eloqüente.
è Os egípcios desenvolveram a Medicina, a Astronomia (calendário solar), a Física (com suas construções) e a Química.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário